Connect with us

Noticias

Chris MC canta sobre amores capazes de cicatrizar feridas em novo single

Publicado a

em

Chris MC escreveu "Amor Que Cura"/Foto: Willys Araujo

Desilusões amorosas machucam como uma dor física e, por vezes, deixam feridas. No entanto, quando menos se espera, certas pessoas aparecem para ajudar a cicatrizar esses machucados. Pensando nisso, Chris MC escreveu “Amor Que Cura”, novo single em que o artista não tem medo de se mostrar vulnerável e que será lançado em todas as plataformas digitais nesta sexta-feira, dia 19, com clipe no canal da PineappleStormTV no Youtube.

Chris MC escreveu "Amor Que Cura"/Foto: Willys Araujo

Chris MC escreveu “Amor Que Cura”/Foto: Willys Araujo

Na letra, Chris explora sua sensibilidade e abusa do sentimentalismo nas letras, conquistando, assim, a identificação dos ouvintes: “Meus amigos perguntam pra mim porque ando tão triste / Ela diz que eu sorrindo era a coisa mais linda que existe / Sabe quando não faz diferença se fica ou desiste? / Esse drama parece brilhar / Um dia vai alguém vai te dar o amor que cura / Me abraçar e me segurar, ‘cê’ não me segura? / Me mostrar que ainda vale amar e cumprir a jura / De ficar e não abandonar da forma mais pura”

Gravado na Casa Pineapple, o clipe exibe casais com machucados pelo corpo representando as feridas que o amor deixou nelas. Chris aparece ensanguentado e perdido até que encontra uma mulher que o entende por completo: seu jeito, humor e até as dores. Aos poucos os machucados cicatrizam e se cria o sentido de “Amor Que Cura”.

Chris MC escreveu "Amor Que Cura"/Foto: Willys Araujo

Chris MC escreveu “Amor Que Cura”/Foto: Willys Araujo

Chris comenta sobre a inspiração para compor o novo single: “Já se perguntou quão incrível seria conhecer alguém que te cura após uma desilusão amorosa? Na minha opinião, o amor não tem muito a ver com um paraíso e sim com uma residência. E longe de ter que deixar de ser o que você lutou pra ser em nome de uma possessividade mascarada de amor, amores também são como pontes que dificilmente são destruídas, mas que em unidade facilmente se erguem. Compreender e respeitar são os lares do amor, o caminho de volta, o lar! Com essa música eu quis passar que vale a pena amar de novo, se entregar de novo… amores curam e curam mesmo. Acredite que um dia vai chegar.”

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o Cosmopolitam no Google Noticias ou Cosmopolitam no Instagram.

Marcus Lehman

Mais LIdas

© Todos os direitos reservados.