Connect with us

Noticias

Dr. José Eduardo está salvando a saúde mental e emocional das mães de bebês com cursos

Publicado a

em

Noites longas em claro, sensação de incapacidade e estresse elevado acabam tornando os primeiros meses da maternidade um desafio descomunal para a mãe.

O bebê passa horas chorando e agitado devido a alguns fatores comuns durante os primeiros 3 a 5 meses de vida, são eles: as cólicas, os gases, a dificuldade para evacuar (disquesia) e refluxo.

As crises de choro e dores são intensas e as mães ficam perdidas sobre o que fazer para ajudar seus anjinhos. Enxergando isso, o Dr. José Eduardo, especialista em Osteopatia, desenvolveu o curso Mães que Curam. Um verdadeiro milagre na vida das mamães.

“Elas me enviam mensagens super agradecidas pelo material do curso, contando como seus bebês estão sofrendo bem menos do que antes e dormindo a noite toda”, conta Dr. José.

Nos primeiros meses de vida do bebê seu sistema gastrointestinal é mais lento e com movimentos fora de sincronia em todo seu sistema, abrindo espaço para a ocorrência de cólicas, acúmulo de gases, disquesia e refluxo.

O que muitas mães não sabem é que elas podem ajudar seu bebê a se livrar desse sofrimento usando as suas próprias mãos. São técnicas simples e poderosas que o Dr. José Eduardo ensina em detalhes no seu curso.

“As massagens que ensino são bem fáceis e rápidas. Em até 10 minutos a mãe pode finalizar o tratamento com as técnicas específicas para cada um dos 4 vilões comuns das dores e desconfortos desse período”, afirma Dr. José Eduardo.

Esse conjunto de massagens funciona tão bem porque auxilia no movimento e na sincronia do sistema gastrointestinal do bebê, acelerando o seu processo de maturidade.

“Alguns bebês,, por exemplo, ficam de 5 a 10 dias sem evacuar. Isso é um pesadelo para qualquer mãe. Depois que elas começam a fazer as massagens certas para esse problema, as mães relatam que as fraldas duram pouco em casa porque agora seu bebê evacua todo dia”, conta Dr José.

A velocidade que o bebê responde ao tratamento é de deixar qualquer mãe animada. Algumas relatam que no segundo dia de tratamento seu bebê já está chorando menos, sentindo menos dores e mais animado.

“O importante é a mãe ter consistência. Fazer as massagens de duas a três vezes ao dia até observar a melhora do bebê. De três a sete dias é um tempo bom para ver os resultados do tratamento e a mãe ficar mais aliviada.”

“O toque da mãe é essencial no tratamento. Acredito que a conexão maternal acelera a cura. No meu consultório vi de perto bebês respondendo melhor aos tratamentos com o toque, amor e intenção da mãe”, afirma Dr. José.

Seu curso Mães que Curam conta com mais de 3.800 mães que encontraram a confiança e segurança para ajudar seu bebê a se livrar das dores e desconfortos dos primeiros meses de vida.

Com técnicas de massagens de até 10 minutos, as mães e os pais conseguem levar a rotina mais leve sabendo que seu anjinho está sofrendo menos.

“Dar vida ao Mães que Curam foi um grande marco para mim. Até poucos meses atrás eu atendia apenas nos meus consultórios e agora as mães do Brasil inteiro podem ter acesso a essas técnicas de massagens”, conta Dr. José.

Dr. José Eduardo é um dos maiores especialistas em Osteopatia Pediátrica do Brasil, estando entre os 130 profissionais do país com o título de Diplomado em Osteopatia (D.O), a formação de maior relevância na área. Seu sucesso no Instagram (@dr.joseeduardo) é enorme entre as mamães, tendo mais de 350 mil seguidoras no seu perfil da rede social.

Para livrar seu bebê das dores e desconfortos dos primeiros meses de vida, clique aqui para saber como o Dr. José Eduardo pode te ajudar começando hoje.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o Cosmopolitam no Google Noticias ou Cosmopolitam no Instagram.

Marcus Lehman

Continue Lendo

Mais LIdas

© Todos os direitos reservados.