Connect with us

Noticias

Marcos Harter é obrigado a pagar R$ 110 mil em honorários advocatícios em processo global

Publicado a

em

Após perder o processo que movia contra a Rede Globo, devido à sua expulsão do ‘Big Brother Brasil’, Marcos Harter entrou com um recurso de apelação para discutir o valor a ser pago, mas acabou levando uma invertida. Isso porque, além de ser mantida a decisão da sentença, a verba de honorários advocatícios foi aumentada de 10 para 12% sobre o valor da causa.

Tendo em vista que, antes o valor da ação era de R$ 750 mil mas, hoje, com os valores corrigidos, ela está em R$ 918.353,10, Marcos Harter deve um total de R$ 110.202,37 em honorários advocatícios, considerando o aumento dos 12%. A ação de cumprimento de sentença é do dia 14 de julho.

Todo o imblóglio entre Marcos Harter e a Rede Globo começou após a expulsão do cirurgião plástico do ‘Big Brother Brasil 17’. Na ocasião, o médico foi acusado de agredir a participante Emily Araújo, com quem mantinha um relacionamento no reality. No entanto, segundo ele, sua eliminação foi conduzida de forma relapsa e injusta pela emissora.

No processo, Marcos alegou que a produção aguardou que fosse realizado mais um paredão, apenas para se aproveitar da visibilidade que ele trazia, como um dos favoritos do públicos para, então, comunicar da decisão de sua saída do programa. No entanto, a Globo negou a prática de qualquer ato ilícito de sua parte e afirmou apenas ter cumprido com certas cláusulas do regulamento padrão assinado por todos os brothers antes de entrarem na casa mais vigiada do Brasil.

Segundo a sentença, Marcos entrou na Justiça pleiteando uma indenização por ter sido expulso do programa, que acreditava ter grandes chances de ganhar, entendendo não ter havido qualquer causa para sua expulsão. Já a Globo afirma que Marcos infringiu as regras do programa.

Na época, as imagens do programa que registraram o momento de tensão, foram analisadas por uma delegada especial de Atendimento à Mulher do Rio de Janeiro. Essa, por usa vez, entendeu existirem indícios de agressão, sendo instaurado um inquérito policial para a sua apuração. A expulsão de Marcos do ‘BBB’ foi produto de inúmeros encontros e reuniões entre a cúpula da emissora, psicológicos, médicos e especialistas no assunto.

Através das imagens e de depoimentos de Emily, a Justiça entendeu que a agressão existiu, sim, e foi comprovada a autoria de Marcos. Sendo assim, o pedido do médico foi julgado improcedente, com a arbitração do pagamento de honorários advocatícios de 10%, agora aumentado para 12%.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o Cosmopolitam no Google Noticias ou Cosmopolitam no Instagram.

Tiago Ghidotti

Tiago Ghidotti é formando em jornalismo, alem de ser o CEO e Redator Chefe do EGOBrazil, pode ser encontrado nas redes sociais e também pode ser encontrado através do email contato@egobrazil.com

Mais LIdas

© Todos os direitos reservados.